Senador quer proibir compartilhamento de arquivos na rede.

Fórum para qualquer tipo de assunto.
Responder
juninhu15
Membro (General)
Mensagens: 553
Registrado em: Sex Dez 07, 2007 8:07 pm
Maker Preferido: Rpg Maker 2003
Localização: Americana

Senador quer proibir compartilhamento de arquivos na rede.

Mensagem por juninhu15 » Sáb Jul 05, 2008 12:56 am

Olá amiguinhos =D,
Vamos começar mais um tópico vou coloca-lo com minhas palavras (pro KG nao me mata depois) e depois coloco o link real. =D
Quem não ler, não se interessar e vier postar posts com 3 palavra sem sentido POR FAVOR NÃO POSTE, isso estraga totalmente o tópico, fiz o tópico para conter informações úteis, e nao besteiras.

Senado Azeredo quer proibir o compartilhamente de arquivos na rede.

O senador Azeredo é do PSDB(Partido da Social Democracia Brasileira), e conseguiu um acordo direto com a bancada do Governo pra votar um projeto.Então vamos lutar pra reduzir os estragos a nossa Liberdade e a Democracia.
Se formos ver o artigo 154-A pune e criminaliza o roubo de senha e o artigo 163 pune quem invade uma rede de computador alheia para destruir um texto ou arquivo.
PORTANTO, NÃO TEM SENTIDO O ARTIGO 285-B QUE CRIMINALIZA O COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS.
Devemos, exigir o sumiço do artiho 285-B que CRIMINALIZA a "Trânferencia de dado ou informações disponiveis na rede".Gente, isso significa que programas P2P será considerado CRIME.Isso é um atentado contra a nossa liberdade.
Também é INACEITÁVEL O INCISO III DO ART. 22 que obriga os provedores a delatar "denúncia que tenha conhecimento e que contenha indícios da prática de crime". Se isto for aprovado será o paraíso da MPAA, da RIAA e outros do gênero, pois bastará que eles acionem qualquer provedor que tem clientes que usam o P2P. Como é notoriamente divulgado pela imprensa norte-americana, para estes "cavaleiros do copyright" todo P2P é suspeito de conter arquivos copiados irregularmente. A inseguranca jurídica poderá atingir até os pacotes de computação distribuída de um projeto com o seti@home. Absurdo. Inaceitável. PRECISAMOS SUPRIMIR ESTE INCISO.
Vamos deixar Claro que a exclusão desse lei, não vai danificar nenhuma outra lei que é contra pedofilia etc...


Para quem não entendeu direito vou explicar melhor...


O Senador Azeredo quer tornar uma das atividades mais criativas da Internet em ato criminoso. Quer transformar os fansubbers, os fanfictions e a tradução de séries de TV em crime. O Senador considera que traduzir um Mangá é um crime tão grave como invadir um banco de dados e subtrair dinheiro de um aposentado.
Milhares de jovens e adultos participam de grupos de Fansubbers traduzem animes (desenhos animados) do japonês para o português. Eles legendam estes desenhos e distribuem gratuitamente pela rede. Trata-se de um fenômeno mundial e muito popular no Brasil. Jovens, Advogados, médicos, engenheiros, universitários, com idade entre 16 e 35 anos, serão considerados criminosos assim que o Substitutivo do Senador Azeredo for aprovado no Plenário.
Além dos fansubbers, o Senador Azeredo quer colocar na prisão também os criadores de Fanfics ou Fanfictions. São ficções criadas por fãs de uma série de TV ou cinema qualquer. Pessoas comuns fazem o que Walt Disney fez com os Irmãos Grimm, recriam seus contos e estórias, mas fazem por hobby, sem intenção comercial. O fanfic são contos ou romances escritos por quem gosta de determinado filme, livro, história em quadrinhos ou quaisquer outros meios de comunicação. Somente um dos sites mais interessantes de Fanfic em português, criado em novembro de 2005, conta com aproximadamente 7,511 histórias (24,081 capítulos e o impressionante total de 37,620,962 palavras). Este site e centenas de blogs estarão na mira do substitutivo do Senador Azeredo.
Isso porque ninguem pode usar os personagens do autor sem ter a permissão dele, MEU DEUS QUE MUNDO É ESSE.


"Obter ou transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado, sem autorização ou em desconformidade à autorização, do legítimo titular, quando exigida:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.
Parágrafo único. Se o dado ou informação obtida desautorizadamente é fornecida a terceiros, a pena é aumentada de um terço."

Como afirmou o jurista Lawrence Lessig, a criatividade estará em perigo se substituirmos a cultura da liberdade pela cultura da permissão. O Senador Azeredo com o artigo 285-B pretende criminalizar uma das principais características da cibercultura que é o remix, que são as práticas recombinantes. Azeredo quer bloquear uma das principais condições para a criatividade que é a reciclagem de idéias, a possibilidade de compartilhar bens culturais.
Será que todos os Senadores brasileiros sabem que eles irão considerar criminoso um jovem que baixa um capítulo da série Lost para traduzi-la, inserir a legenda em português, para distribui-la gratuitamente em redes P2P? Não é possível que eles considerem o ato de solidariedade do jovem, ao distribuir gratuitamente o vídeo legandado, como algo que exija o aumento de sua pena em "um terço".
Será que nossas cadeias precisam de gente criativa? O que este artigo 285-B tem a ver com o combate a pedofilia? Trata-se de uma agenda oculta? Será que nossas Casas legislativas querem criminalizar a cibercultura?

O Brasil tem tantos problemas realmente serios e eles estão se preocupando com ISSO?O exército Brasileiro tá uma merda, o senado então nem se fala.


Veja o que o projeto diz no Art. 154-B:

"Obter dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado, sem autorização do legítimo titular, quando exigida.
Pena - detenção, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.
...
§ 1º - Nas mesmas penas incorre quem mantém consigo, transporta ou fornece dado ou informação obtida nas mesmas circunstâncias do "caput", ou desses se utiliza além do prazo definido ou autorizado.

§ 2º - Se o dado ou informação obtida desautorizadamente é fornecida a terceiros pela rede de computadores, dispositivos de comunicação ou sistema informatizado, ou em qualquer outro meio de divulgação em massa, a pena é aumentada de um terço."


Agora, repare qual é a definição de "dispositivo de comunicação" que o Senador Azeredo inseriu em seu projeto:
"Art. 154-C. Para efeitos penais considera-se:
I- dispositivo de comunicação: o computador, o telefone celular, o processador de dados, os instrumentos de armazenamento de dados eletrônicos ou similares, os instrumentos de captura de dados, os receptores e os conversores de sinais de rádio ou televisão digital ou qualquer outro meio capaz de processar, armazenar, capturar ou transmitir dados utilizando-se de tecnologias magnéticas, óticas ou qualquer outra tecnologia eletrônica ou digital similar;"

O PROJETO DO SENADOR AZEREDO, NA VERDADE, ESTÁ VOLTADO PRINCIPALMENTE À DEFESA DA INDÚSTRIA DOS INTERMEDIÁRIOS. VISA FUNDAMENTALMENTE:

1- proibir o compartilhamento de arquivos via BitTorrent (... " transporta ou fornece dado ou informação obtida nas mesmas circunstâncias")

2- criminalizar o download, a cópia e o envio de vídeos no Youtube que não estejam com as licenças claramente definidas (... "Se o dado ou informação obtida desautorizadamente é fornecida a terceiros pela rede de computadores...a pena é aumentada de um terço")

3- quer impedir o transporte de músicas e arquivos MP3 em i-pod (... "nas mesmas penas incorre quem mantém consigo, transporta ou fornece dado")

4- definir como crime o arquivamento de filmes que passam na TV (pois a TV digital e o setup box são "os instrumentos de armazenamento de dados eletrônicos ou similares, os instrumentos de captura de dados")

5- tornar um ato criminoso o fato de copiar e scanear livros e papers para o seu computador, pen-drive, sem autorização do autor, mesmo que seja para uso próprio (..."sem autorização do legítimo titular")

6- incentivar a prisão de quem baixa games e aplicativos shareware e os utiliza além do prazo definido pelo vendedor (..."desses se utiliza além do prazo definido ou autorizado")

7- inibir e transformar em criminoso quem cede o sinal da TV a cabo de sua sala para o quarto do seu irmão ou vizinho ("...conversores de sinais de rádio ou televisão digital ou qualquer outro meio capaz de processar, armazenar, capturar ou transmitir dados utilizando-se de tecnologias magnéticas, óticas ou qualquer outra tecnologia eletrônica ou digital similar")

8- transformar milhares de blogueiros que baixam imagens disponíveis na web, com ou sem mudanças em Gimp ou outro software de desenho vetorial, em criminosos. Para Azeredo, quebrar a jenela de um carro para roubar um Toca-CD e copiar uma imagem no Flickr sem consultar o autor deve receber tratamento similar. ("... Se o dado ou informação obtida desautorizadamente é fornecida a terceiros pela rede de computadores...a pena é aumentada de um terço.")



Este artigo criminaliza o uso de redes P2P e até mesmo a cópia de uma música em um i-pod. Ao escrever que o acesso a um "dispositivo de comunicação" e "sistema informatizado" sem autorização do "legítimo titular", ele envolve absolutamente todo tipo de aparato eletrônico. Se a empresa fonográfica escreve, nas licenças das músicas que comercializa, que não admite a cópia de uma trilha de seu CD para um aparelho móvel, mesmo que seu detentor tenha pago pela licença, estará cometendo um crime PASSÍVEL DE PENA DE RECLUSÃO DE 1 A 3 ANOS.



Imagem

Imagem

Imagem


Fonte: http://samadeu.blogspot.com/
Imagem

Avatar do usuário
Killer Ghost
Administrador
Mensagens: 10338
Registrado em: Sáb Nov 19, 2005 8:49 pm
Maker Preferido: Outro
Localização: Saint Paul
Contato:

Mensagem por Killer Ghost » Sáb Jul 05, 2008 1:05 am

Isso é fogo no rabo.

Já existe há muito tempo projetos para acabar com o compartilhamento, o que é impossível, praticamente.

O problema são os direitos autorais, porém p2p é compartilhamento, e como o nome já sugere não há indício algum de infração, você pode emprestar ou passar as músicas do cd pra quem quiser desde que compre o álbum, e alguém comprou, e compartilhou na rede, absolutamente normal, o mesmo vale para programas e tudo mais.

Não vão conseguir como sempre, e esse tal de Azeredo com certeza tem alguma gravadora musical ou algum grande nome influente por trás dele enfiando dinheiro ou prometendo dinheiro ao bolso do senador de nome tosco.
A Casa do Maker está de volta. :happy:

Projetos:
Rpg Maker VX Ace:
Student Adventures ACE 21%

Rpg Maker MV:
As Crônicas do Fim do Mundo 44%
Casa do Maker - O Retorno 1%

SoulMortis
Membro (Marechal)
Mensagens: 1294
Registrado em: Ter Out 02, 2007 7:40 pm
Maker Preferido: Rpg Maker 2003
Contato:

Mensagem por SoulMortis » Sáb Jul 05, 2008 12:37 pm

senador filhu da puta.
afff.
vai pro infernoOOoOooOo.
mizeravel.
se ele não quer mexer em p2p, deixa quem usa isso em paz.
affz
o brasil so tem bumas putas que acham que estão fazendo as coisas certas, sentados na cadeira e um biró.

ai ai.
tosco demais.

EDIT.
eu uso p2p pra baixar videos e musicas.
pra que acabar com um programa legal como esses ?
"Lute por algo chorando, mesmo que um dia o prometeu sorrindo"(anonimo)

Decon
Moderador Global
Mensagens: 5470
Registrado em: Qua Ago 30, 2006 6:55 pm
Contato:

Mensagem por Decon » Sáb Jul 05, 2008 6:56 pm

Isso é completamente ridiculo e absurdo, me lembra imposições que a China coloca na internet do povo, bloqueando certos sites, entre outras coisas, é uma atitude típica de um país que controla seu povo, sendo assim, em uma real democracia, jamais uma coisa dessas poderia ser aprovada. Mas é claro que não é assim.

Avatar do usuário
Killer Ghost
Administrador
Mensagens: 10338
Registrado em: Sáb Nov 19, 2005 8:49 pm
Maker Preferido: Outro
Localização: Saint Paul
Contato:

Mensagem por Killer Ghost » Sáb Jul 05, 2008 8:08 pm

A questão são os direitos autorais, o que você baixa, deveria ser comprado.

Uma alegação deles é o fato de arquivos terem origem falsificada.
A Casa do Maker está de volta. :happy:

Projetos:
Rpg Maker VX Ace:
Student Adventures ACE 21%

Rpg Maker MV:
As Crônicas do Fim do Mundo 44%
Casa do Maker - O Retorno 1%

Decon
Moderador Global
Mensagens: 5470
Registrado em: Qua Ago 30, 2006 6:55 pm
Contato:

Mensagem por Decon » Dom Jul 06, 2008 4:59 pm

Killer Ghost escreveu:A questão são os direitos autorais, o que você baixa, deveria ser comprado.

Uma alegação deles é o fato de arquivos terem origem falsificada.
Sim, mas como você mesmo disse, se alguém comprou e quer compartilhar, qual seria o problema.

SoulMortis
Membro (Marechal)
Mensagens: 1294
Registrado em: Ter Out 02, 2007 7:40 pm
Maker Preferido: Rpg Maker 2003
Contato:

Mensagem por SoulMortis » Dom Jul 06, 2008 6:00 pm

isso eh apenas vontade de impor o seu poder, pra dizer que tem um certo tipo de moral.

ridiculo.
"Lute por algo chorando, mesmo que um dia o prometeu sorrindo"(anonimo)

blacktwister
Super Membro
Mensagens: 1854
Registrado em: Dom Set 10, 2006 8:52 am
Maker Preferido: Rpg Maker 2003

Mensagem por blacktwister » Dom Jul 06, 2008 7:54 pm

Isso não é exclusividade do Brasil, no mundo inteiro ha tentativas de se criar lei assim, principalmente em paises onde o copyright, ou os direitos autorais, são muito visados, como os EUA.

Claro q não vão ganhar, mas ha sim o porblema em se distribuir os arquivos q vc pagou, pois não deixa de ser pirataria, eu vi em outro lugar a explicação legal disso, enfim, não vem ao caso, mas se te pegarem com isso hoje eles no maximo apagam as musicas do teu pc ou te fazem comprar todas elas, não ha multas a não ser que for para comercio.

Acontece que assim como o Windows, vc não compra a musica, e sim a permissão para usa-la, ou seja a musica nem o windows é seu, vc apenas por uma vontade dos altores pode utiliza-lo, por isso que ao distribuir a outro, se torna crime, pois o outro não pagou para usa-lo.

Eqnuanto a proibirem p2p é impossivel, afinal, não se usa para baixar apenas musica e produtos piratas, mais um projeto de lei q vai pro buraco :nosebleed:

Avatar do usuário
Killer Ghost
Administrador
Mensagens: 10338
Registrado em: Sáb Nov 19, 2005 8:49 pm
Maker Preferido: Outro
Localização: Saint Paul
Contato:

Mensagem por Killer Ghost » Dom Jul 06, 2008 10:36 pm

No caso das licenças apenas produtos da Microsoft as contém, como arquivos .wmw, .wma, no caso de .orgg e .mp3 não há esse tipo de imposição, apesar de que é fácil burlar as licenças do .wma, por exemplo.

Bem, se a música ou qualquer outro arquivos com direito autoral for comprado e distribuído por compartilhamento, de fato não há problema algum.
A Casa do Maker está de volta. :happy:

Projetos:
Rpg Maker VX Ace:
Student Adventures ACE 21%

Rpg Maker MV:
As Crônicas do Fim do Mundo 44%
Casa do Maker - O Retorno 1%

Fênix
Membro (Marechal)
Mensagens: 1348
Registrado em: Dom Nov 19, 2006 11:51 am
Maker Preferido: Rpg Maker 2003
Contato:

Mensagem por Fênix » Qua Jul 09, 2008 1:31 am

Puto. Não voto nele.

Decon
Moderador Global
Mensagens: 5470
Registrado em: Qua Ago 30, 2006 6:55 pm
Contato:

Mensagem por Decon » Qua Jul 09, 2008 6:51 pm

Achei um abaixo assinado (de muitos que deve ter) para que isso não seja aprovado, segue aí:
http://www.petitiononline.com/veto2008/

Quem quiser assinar, vai fundo, quem sabe dá certo...

SlasherOne
Membro (Capitão)
Mensagens: 311
Registrado em: Qua Jan 09, 2008 10:21 pm
Maker Preferido: Rpg Maker 2003
Localização: Rio de Janeiro

Mensagem por SlasherOne » Qui Jul 10, 2008 5:23 pm

Azeredo é Azarado.
Imagem

Imagem

Shall I Continue My History?

s1.tanoth.com.pt?kid=Vars <<<<< Cliquem aqui para ajudar o tio Slasher.

É simples,clica ai nessa porra ( s1.tanoth.com.pt?kid=Vars ) ,faça seu registro e pronto,nem precisa jogar =D.

cascao (nao lembro senha)

Mensagem por cascao (nao lembro senha) » Ter Jul 22, 2008 4:20 pm

esse senador já proibiu o CS (filha da puta, ia comprar o steam, agora ta mó caro), o Everquest, e agora vem com essa brincadeira, vamos matar ele =)

Responder